Skip to content

Mar em Fúria

quinta-feira, 29 maio, 2008 @ 12:02 am

A supertempestade Tuva no Atlântico NorteDeu no Globo de terça-feira, na seção Eureca, que somente agora foi divulgado o “Flagrante de uma supertempestade”, registrada por um consórcio europeu de satélites. O que surpreendeu os especialistas foi a rapidez com que a tempestade Tuva se formou.

Somente agora? Uma rápida pesquisa no Google mostra vários sites e blogs com relatos e fotos (inclusive essa aí do lado) datados do dia do fenômeno. Em um dos que bisbilhotei é dito que essa foi a primeira tempestade que atingiu a Noruega a ganhar um nome.

Daqui a pouco a gente só vai poder dizer que uma coisa não foi divulgada, ou não existe, quando O Google retornar a mensagem: Sua pesquisa – supertempestade tuva – não encontrou nenhum documento correspondente.

É só saber pesquisar. Mesmo assim, aqui vai um trecho da nota:

Na tarde do dia 30 de janeiro, sobre o Atlântico Norte, uma configuração de ventos levou à formação da tempestade Tuva em poucas horas. A progressão do fenômeno foi tão explosiva que surpreendeu até mesmo os especialistas da área de interpretação de imagens de satélites. O relatório gerado apenas algumas horas antes da configuração do fenômeno simplesmente não apontava a formação rápida de uma supertempestade.

4 Comentários leave one →
  1. sexta-feira, 30 maio, 2008 @ 2:25 pm 2:25 pm

    Ola’,
    se quiser pode ver tambem fotos do dia seguinte ‘a passagem da tempestade:

    http://leandroinnorway.blogspot.com/2008/02/after-storm.html

    (clique na imagem para ver todo o album)

    Mas nao foi nada de especial, cairam algumas dezenas de centimetros de vene e tal mas no Inverno aqui, quanto mais neve melhor!😉

    Curtir

  2. sexta-feira, 30 maio, 2008 @ 2:26 pm 2:26 pm

    (onde se le “vene” devia estar “neve”)

    Curtir

  3. sábado, 31 maio, 2008 @ 12:18 pm 12:18 pm

    Leandro,

    O interessante na supertempestade Tuva, pela foto do satélite, é a “cara” dela, em forma de furacão. Pelo que sei, nas altas latitudes e com a baixa temperatura da água do mar, isso não pode acontecer.

    Fico imaginando o mar que se formou😦

    Um abraço da ensolarada e quente Angra dos Reis (comparado com a Noruega então…), no Sul do Rio de Janeiro.

    Curtir

  4. sábado, 31 maio, 2008 @ 8:03 pm 8:03 pm

    Ola’ novamente,

    sim, de facto, a baixa temperatura da agua em latitudes elevadas e’ um importante factor que impede o desenvolvimento dos centros de baixas pressoes. Mas a forma em espiral que refere deve-se ‘a Forca de Coriolis (nao e’ uma verdadeira forca mas e’ denominada assim) e este efeito devido a esta forca e’ tanto maior quanto mais se aproxima dos polos.
    Esta forma em espiral mais ou menos bem definida e’ relativamente comum nestas latitudes (pode ver outro exemplo aqui: http://en.wikipedia.org/wiki/Image:Low_pressure_system_over_Iceland.jpg).
    Claro que a Tuva adquiriu fama mais por causa da muito baixa pressao no seu centro, o que proporciona os fortes ventos e chuva/ neve intensa ‘a medida que os sistemas frontais circulam ‘a sua volta.
    Realmente teve uma formacao relativamente rapida, como se ve no video que pus no blog mas o MetOffice ja’ uns dias antes mostrava nas cartas de pressao que a depressao iria evoluir no sentido de uma tempestade.

    Quanto ao mar que se tera’ formado… nao posso comentar… nao esava em alto mar nessa altura (felizmente🙂 ) e as aguas do fiorde que banham Oslo nessa altura estavam totalmente congeladas, portanto nao se formaram quaisquer tipo de ondas gigantes ou assim.

    Um abraco
    (provavelmente nao estara’ tao quente aqui como ai’ mas nos ultimos dias as temperaturas tem atingido 25 – 28 graus o que e’ quase torrido para aqui; e quanto a sol, bom, aqui agora ja’ nunca escurece totalmente por isso tambem se pode considerar ensolarado😉 )

    Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: