Skip to content

Eu quero!

quarta-feira, 23 setembro, 2009 @ 12:07 am

Helio e sua Dahon © Mozart Latorre Vez por outra, navegando pela imensidão do mar da net, cai na minha rede alguns equipamentos, náuticos ou não, que entram imediatamente na minha listinha de objetos desejados. São gadgets - no sentido lacaniano – de encher os olhos, e esvaziar os bolsos é verdade, mas como é uma lista de desejos, não dou a mínima pros preços.

Vou mostrar aqui o primeiro gadget, depois junto alguns e publico numa pagina, lá em cima, perto da Sala Rádio, onde você vai poder achar, com um único clique do mouse, o que há de melhor, mais exclusivo e mais bacana em design e tecnologia para se ter a bordo.

Mas vamos começar simplesinho: nada como ter uma bicicleta dobrável a bordo, que serve para esticar as pernas, para reconhecimentos no entorno das ancoragens, uma ida ao mercadinho ou para passeios ao entardecer.

Agora, se… seu sonho de consumo é uma Monareta? Pois está na hora de rever seus conceitos.

Clique aí para sonhar.

Propaganda Monareta Dobramatic A Monareta surgiu como reação da Monark ao sucesso da Berlineta Caloi, lembra? No inicio da década de 70 do século passado, a Monark lançou o modelo dobramatic, ou dobrável, que a propaganda enfatizava caber no porta malas do carro.

Já a Go Byke Motion vem com quadro de alumínio, um estiloso garfo dianteiro com só um “braço”, suspensão nas duas  rodas (com regulagem na traseira, de acordo com o tipo do terreno), freio a disco Tektro IO Go Byke na bolsa também nas duas rodas (na traseira é opcional em alguns modelos) e o sistema  Gripshifters SRAM vai de 8 a 27 marchas  (dá até pra subir parede).

Eu não sei você, mas pra mim é um primor de design. Não é a toa que a Monareta muderna nasceu das pranchetas de uma premiada companhia de design industrial.

Go Byke © Divulgação

Sobre estes anúncios
6 Comentários leave one →
  1. Reinaldo permalink
    quarta-feira, 23 setembro, 2009 @ 8:13 am 8:13 am

    Hélio,

    A tal wish list está no mesmo nível do tal Jaque, como você diz, gerador do mal do jaqueísmo (jáque que tirou o barco da àgua vamos pintar o costado, jáque que pintou o costado vamos envernizar, jáque…).
    É importante ter uma wish list, até para saber o que nunca iremos comprar, o que têm de bagulho que nunca se usa…
    No topo da minha wish list náutica, sim tenho wish lists para outros “assuntos”, está a bike que um pessoal aqui de SP (Freecycle) importa: http://www.freecycle.com.br/sistema/ListaProdutos.asp?IDLoja=8802&Y=2401136807893&Det=True&IDProduto=1601334&q=DAHON+ECO+3+%2D+Alum%EDnio+2009
    Não sei se é de boa qualidade, não andei nela ainda, mas o fato da bike ter paralamas é um grande diferencial. Sou da época que bike tinha que ter paralamas e buzina “crick”, manja? Mas que o preço é salgado, isso é!

    Abs,

    Reinaldo

    Curtir

    • quinta-feira, 24 setembro, 2009 @ 12:20 am 12:20 am

      Reinaldo,

      Não era pra se falar de preços aqui, afinal wish list é igual a propaganda do cartão de credito – não tem preço – mas…
      Também tenho uma Dahon (a da foto lá no início), mas com o quadro de cromo molibdênio (a de alumínio é muito cara). Gosto muito da minha “bicinete” (mistura de bicicleta com patinete), só vou ter que trocar os raios que não são de inox.
      Existem outras marcas bem mais baratas, sei que Maurício Negão (veja comentário abaixo) pagou menos de 400.

      Bons ventos sempre e cuidado com o jaqueísmo, sempre.

      Curtir

  2. quarta-feira, 23 setembro, 2009 @ 9:26 pm 9:26 pm

    Oi! Cheguei ao seu blog por meio do seu twitter (sou a tatianapassagem) e adoro essas bicicletas, elas são um barato!! Meu pai tem uma no barco dele, eu estava aí quando ele comprou, meu filho fala sempre dela até hoje! rs

    Aliás, meu pai é seu “vizinho” de cais, o Maurício, do Alphorria!

    Abração e bons ventos!

    Curtir

    • quinta-feira, 24 setembro, 2009 @ 12:23 am 12:23 am

      Tatiana,

      Bem vinda a bordo.
      A bike do teu pai é muito legal. Sim, sou vizinho do Negão e meu filho Pablo, que mora aí em BSA, estudou contigo. Essse mundo é pequeno, né?

      Um cheiro e bons ventos sempre,

      Curtir

  3. Karina permalink
    sexta-feira, 25 setembro, 2009 @ 7:42 am 7:42 am

    Helio,

    amei! Eu tb sou louca por uma bike dessas. Combina comigo, assim, pequenininha, não acha?
    Mas o precinho…
    Imagina a gente saindo Cabanga numa binhinha dessas (cada um na sua, claro, não cabe nós dois) e indo comprar castanha de caju lo centro, perto do Mercado de Sao José.
    Eita, viajou … deixa eu ir trabalhar que ainda tenho esse defeito.
    Karina
    Veleiro Aventureiro

    Curtir

    • sábado, 26 setembro, 2009 @ 12:17 am 12:17 am

      Karina,

      Sim, é do teu tanhanho (com o banco todo pra baixo, claro). Mas o precinho… tem solução, veja comentário acima. Vou procurar o link.

      Vixe mulher, castanha do São José? Me deu até água na boca. Vou ter que tomar a bicada de cahchaça, antes do tira-gosto, tampando o nariz pra não salivar, já que gosto mesmo é de cachaça pura.

      Quanto ao defeito, se aperreie não, afinal, não existe mulher perfeita.

      Um cheiro procê e um aperto de mão pro Hans.

      Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.037 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: