Skip to content

Vulcão na Paraíba?

quinta-feira, 17 setembro, 2009 @ 12:43 am

Ressaca-em-Santos Sabe aquela idéia de que o Brasil é o paraíso, não tem furacão, não tem terremoto e não sabemos como vamos pagar a prestação da geladeira no fim do mês? Pois é, ficou velha, muito velha.

Os entendidos dizem que a economia esta se recuperando, só não decidiram ainda se a retomada é em forma de “U” ou de “W”, já tivemos o furacão Catarina, terremoto na Avenida Paulista, e agora um mini-tsunami.

O flagrante acima, do velejador Fábio Soalheiro (ex-dono do Charrua, construído pelo saudoso Plínio), mostra a ressaca que atingiu Santos na terça-feira (8). Foi o resultado de uma tempestade que passou por Santa Catarina, onde uma lancha afundou e outras cinco, todas na faixa de 50 pés, sofreram sérias avarias. Eu não sei você, mas já antevejo o dia em que vai pipocar um vulcão no sertão paraibano.

Quem mandou a foto foi Miriam, do trawler Miroca.

Sobre estes anúncios
8 Comentários leave one →
  1. Reinaldo permalink
    quinta-feira, 17 setembro, 2009 @ 8:28 pm 8:28 pm

    Hélio,

    Segundo o Zé do Mastro, no dia 8 no Pier 26 a àgua subiu acima da murada, calculo (chute) uns 2 m.
    Para quem conhece aquele pedaço sabe que o Pier 26 fica num canal dragado muito bem abrigado.
    Por sorte o Mythos está docado no galpão…desta escapamos.

    Abs

    Reinaldo

    Curtir

    • sábado, 19 setembro, 2009 @ 11:55 am 11:55 am

      Reinaldo,
      Veleiro não tem problema com a subida das águas, afinal eles bóiam. Hehehe.
      A coisa ta feia. Isso deve ser por conta do degelo nos pólos. Temos que ir urgentemente a Antártica tomar umas Brahmas e uns 12 anos com gelo milenar.
      Bons ventos sempre,

      Curtir

  2. Reinaldo permalink
    segunda-feira, 21 setembro, 2009 @ 1:46 pm 1:46 pm

    Mas estas variações de maré fora do normal podem causar, além das inevitáveis batidas entre os cascos e os matros dos barcos, a perda dos cunhos de amarração, com a tensão das espias, sem contar algum dano no convés.
    Agora que ta chegando minha vez de ficar vivendo de brisa, ou de blog,a natureza começa a se rebelar!! Eu hein.

    abs

    Reinaldo

    Curtir

    • terça-feira, 22 setembro, 2009 @ 4:23 pm 4:23 pm

      Reinaldo,

      É verdade, sempre temos de cuidar das espias. Em Cananéia, por não saber das grandes marés, tivemos que cortar o cabo de amarração do bote, que ficou dependurado no píer.

      Opa, já começou o blog? Qual o endereço? Que a natureza esta se rebelando, não tenha duvidas. Ainda vamos ver agências de turismo propagandeando: visite as calotas polares antes que derretam!

      Bons ventos sempre,

      Curtir

      • Reinaldo permalink
        quinta-feira, 24 setembro, 2009 @ 11:21 am 11:21 am

        Helião,

        Sou daquela turma que pensa que se é pra fazer, têm que ser bem feito!
        Como não tenho tempo, ainda, para me dedicar a um blog ele continua só na minha cabeça.
        Mas minha referência é o Maraca’s blog, meu “passeio” diário pela net.
        Baseado na ajuda que vc me deu, através do registro fotografico da reforma do Maracatu, estou fazendo todo o registro da reforma do Mythos, quem sabe ajuda alguém, como fui ajudado.
        Parabéns mais uma vez pela qualidade das informações e humor refinado.

        Abs,

        Reinaldo

        Curtir

        • quinta-feira, 24 setembro, 2009 @ 5:15 pm 5:15 pm

          Reinaldo,

          Grato, meu caro. O humor pode até ser refinado, mas a barriga…

          BV sempre,

          Curtir

          • Reinaldo permalink
            quinta-feira, 24 setembro, 2009 @ 6:03 pm 6:03 pm

            Perai mermão, de barriga eu manjo!
            Como cabeça de engenheiro é a casa do capeta, calculei quanto custou minha silueta de pera, eu explico:
            Imagina que aos 30 anos vc ainda mantinha uma boa forma, na visão feminina é claro, e a partir dos 30 começou a “malhar” sua barriga a custa de muito esforço, levantando copos ou latas com as loiras geladas.
            Supondo que sua barriga só chegou ao estágio cervegístico aos 50 anos, 20 anos após iniciar a “malhação”, com uma média de 4 latas/dia, sei que não bebemos todos os dias é apenas uma média para compensar aqueles dias que atolamos o pé no jacá.
            A conta da minha barriga é mais ou menos a seguinte: 4 latas/dia X 365 dias = 1.460 latas/ano X 20 anos = 29.200 latas X R$ 2,00/lata = R$ 58.400,00
            Logo, minha barriga custou R$ 58K, sem contar o tira gosto, portanto, é uma barriga de responsa!

            Abs,

            Reinaldo

            Curtir

  3. terça-feira, 29 setembro, 2009 @ 12:54 am 12:54 am

    Reinaldo,

    Pois em barriga eu sou PHD. Comecei a “malhar” a minha bem antes dos trinta, bebo literalmente diariamente e a média dever ser umas 6 latinhas.
    Nossa, já mijei uma nota preta!

    Publiquei hoje sua colaboração sobre o aço inox. Valeu!

    Bons ventos sempre,

    Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.037 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: